Guest post: Dubbing translation (in Portuguese)

Sejam bem-vindos de volta a mais uma publicação de convidados! Hoje, recebemos o Paulo Noriega, tradutor especializado em dublagem.

Bem-vindo, Paulo!

voice_over_artist_bg

O tradutor para dublagem e a versão brasileira

O longa metragem animado Branca de Neve e os sete anões (1938), um dos principais clássicos dos estúdios Disney, inaugurou a nossa versão brasileira. Durante muitos anos, a dublagem fez parte da vida de muitos brasileiros, por intermédio da TV aberta. Hoje continua muito forte e presente nos canais da TV fechada, e até mesmo em outros veículos, como a Netflix, que já conquistou milhares de adeptos em todo o mundo. Há muito a se falar sobre esse segmento que envolve uma grande cadeia de profissionais, mas antes, acredito que uma boa forma de introduzir esse tema é dar uma breve definição de dublagem. Há inúmeras definições, mas para efeitos mais didáticos, podemos dizer que é o processo no qual os diálogos originais de uma produção são regravados com diálogos falados na língua-alvo.

No entanto, essa transposição de falas de um idioma para outro não ocorre num passo de mágica e muito menos de uma forma simples. Na verdade, além de diversos outros profissionais atuantes nos estúdios de dublagem, há uma figura responsável pela missão de traduzir/adaptar as falas das mais variadas produções audiovisuais para o nosso idioma e criar um roteiro para os dubladores interpretarem: o tradutor para dublagem. Gosto de dizer que o tradutor dessa modalidade é uma espécie de recontador de histórias, pois é seu dever tentar manter o tom e a essência presentes na versão original do produto audiovisual que irá traduzir. Ele deve tentar captar o registro dos personagens e realizar essa transposição para o português brasileiro da melhor forma possível.

Esse segmento tradutório, até hoje relativamente desconhecido pelo grande público e no qual atua esse profissional, está inserido no campo da tradução audiovisual, que também abarca a tradução para legendas (legendagem), o voiceover e a audiodescrição (destinada aos deficientes visuais). Entretanto, o tradutor é apenas um dos agentes de uma longa cadeia. Além dele, há os diretores de dublagem e os dubladores, profissionais que darão vida e voz ao texto produzido pelo tradutor e que darão o seu toque pessoal e artístico no momento das gravações. Outra característica importante e digna de nota é que os tradutores desse ramo são freelancers e não atuam mais dentro dos estúdios de dublagem, sendo o ilustre estúdio Herbert Richers o principal expoente dessa antiga prática.

Agora, abordando um pouco mais os aspectos técnicos, o texto traduzido pelo tradutor desse ramo é feito no Microsoft Word, não sendo necessário o uso de softwares mais específicos, como vemos na área de legendagem, a exemplo do Subtitle Workshop e Horse. Além do arquivo no qual fará sua tradução, ele recebe o vídeo do produto audiovisual que irá traduzir e, na maioria dos casos, um script com as transcrições das falas na língua-fonte (inglês, francês, espanhol…). Esses três elementos são o que gosto de chamar de tripé do tradutor e, com eles em mãos, o tradutor está pronto para executar o seu trabalho.

A elaboração de uma boa tradução para dublagem é muito complexa e há inúmeros fatores que devem ser levados em consideração para realizá-la com maestria. Obviamente, quaisquer termos específicos de uma área, como medicina ou direito, devem ser devidamente pesquisados e traduzidos corretamente, e o tradutor jamais pode perder de vista que o texto que está traduzindo/adaptando precisa ser natural e fluido na nossa língua, já que ele será interpretado em estúdio. Além disso, há diversas sinalizações que precisam estar presentes no roteiro traduzido, a exemplo dos vozerios, que podem ser burburinhos de uma cena em um restaurante ou em um estádio, por exemplo, e as reações realizadas pelos personagens, como um riso, um suspiro ou um choro. Para completar, o tradutor deve fazer uma boa estimativa de fala, ou seja, ver se as falas traduzidas estão muito grandes ou muita curtas para caberem na boca dos personagens e tentar aliar isso a um bom sincronismo labial.

Tal como as demais modalidades tradutórias, é necessário se preparar para entrar nesse mercado que carece de profissionais capacitados e que entendam como a versão brasileira funciona. A nossa dublagem é considerada uma das melhores do mundo e precisamos, cada vez mais, de tradutores conscientes de seu trabalho e que busquem realizar um trabalho de excelência.

Sobre o autor
paulo-profissional-blog-carolinePaulo Noriega é tradutor do par de idiomas inglês-português especializado no campo de tradução para dublagem. Presta serviços de tradução para dublagem dos mais diversos gêneros para renomadas empresas do ramo, tanto do Rio de Janeiro quanto de São Paulo. Traduziu mais de 250 horas de produções audiovisuais e é autor do blog Traduzindo a dublagem, um dos primeiros blogs brasileiros dedicado à tradução para dublagem.

Advertisements

3 thoughts on “Guest post: Dubbing translation (in Portuguese)

  1. Excelente post!
    Eu pretendo trabalhar nessa área futuramente e ouvir esses relatos só fazem aumentar minha vontade de ingressar logo nesse mercado!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s