Guest post: TradWiki (in Portuguese)

Have you already heard of TradWiki? If not, you should! Today’s guest is Daniel Estill, TradWiki’s mastermind.

Welcome, Daniel!

tradwiki10b

TradWiki é contracultura, mora?

Há quem diga que a contracultura dos anos 60/70 foi a última grande utopia de transformação social do ocidente. Discordo. Vários aspectos da contracultura foram incorporados aos valores dominantes da sociedade. Quer um exemplo? A plena liberdade de expressão.

A liberdade de expressão foi uma das grandes bandeiras dos movimentos de 68 e tornou-se um valor a tal ponto incorporado à cultura dominante que chega a ser o principal produto oferecido por algumas das empresas mais valiosas de Wall Street. Quer um exemplo? O Facebook.

Qual a grande promessa de Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram, para citar apenas algumas das redes sociais mais famosas e valiosas? Um espaço gratuito para que o indivíduo se expresse livremente? Ou um espaço para que o indivíduo seja visto se expressando “livremente”?

Gratuito? A publicidade personalizada que aparece em nossas páginas do Facebook é apenas a ponta do iceberg do preço que pagamos pelo uso das redes sociais. Nunca antes na história da humanidade empresas e governos tiveram acesso tão franqueado aos perfis de comportamento da população. Isso sim, nós é que lhes damos de graça.

Mas a liberdade de expressão continua sendo um valor conquistado, mais valioso do que qualquer IPO da Nasdaq. E é por isso que a TradWiki, a nossa enciclopédia de tradução, é contracultura.

O formato wiki, da Wikipédia, se mantém aberto e efetivamente gratuito, sem publicidade, sem que vigiem nossos cliques. A liberdade de expressão está lá, em sua plenitude, para promover o encontro da diferença, a apresentação ponderada de pontos de vista por vezes contraditórios, a construção de ideias multifacetadas pelo trabalho coletivo. Não se trata da expressão individualista de opiniões que disputam a maior quantidade de curtidas, e que nos levam a separar e classificar “amigos”.

A contracultura da TradWiki está na busca da construção do conhecimento sobre tradução sem disputa de egos. Está no esforço de colonizar o território da tradução na Web com informações sustentadas pelas nossas experiências e conhecimentos comuns. De maneira organizada, sem a dispersão das redes sociais, sem a pesada voz da experiência a ditar lições, num ambiente em que todos têm o que ensinar e todos têm o que aprender. Todos são bem-vindos a aprender e a colaborar com a TradWiki. Essa é a nossa defesa da contracultura, da liberdade de expressão não vigiada e não sectária. TradWiki é utopia, e utopia não tem deadline. Quem acha que o sonho acabou, é porque ainda não contribuiu com a TradWiki. Consulte, colabore: http://www.tradwiki.net.br

Thank you, Daniel, for accepting my invitation and for writing this beautifully written post!

Now off to cooperating with TradWiki, everyone!

About the author
DanielDaniel Estill é o idealizador da enciclopédia de tradução colaborativa TradWiki. É tradutor técnico e gerente de projetos de tradução desde 1992. É também tradutor literário desde 2006.Atualmente, cursa o doutorado em Estudos da Linguagem, com foco em Estudos da Tradução na PUC-Rio. Você pode encontrá-lo no LinkedIn ou entrar em contato com ele por Skype (destill).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s