Erros comuns em traduções do inglês para o português

Hello, dear followers! Missed our posts last week? Unfortunately, I didn’t have time to publish anything, because I was attending two translation confereces (Abrates, in Rio de Janeiro; and Semana do Tradutor, in São José do Rio Preto). I also presented at the latter. I’ll soon write about both of them and about my debut as presenter. Stay tuned!

Today, we have another translation from English to Portuguese, this time of the post Common translation mistakes from English to Portuguese, by Esther Dodo.

picjumbo.com_IMG_5992

Eu já havia escrito uma publicação sobre alguns erros gramaticais comuns que os brasileiros normalmente cometem em português. Hoje, decidi escrever sobre alguns erros comuns que os iniciantes normalmente cometem quando traduzem do inglês para o português brasileiro.

Segue uma lista com 10 exemplos de erros comuns com os quais me deparei ao longo da minha vivência como tradutora (a maioria relacionados com textos de TI).

  1. Please
    Em inglês, é muito comum nos desculparmos por tudo. No entanto, em português, não é. Portanto, você deve simplesmente ignorar quando a palavra aparecer na sua tradução.
  2. Eventually
    Essa palavra é um falso cognato: nunca deve ser traduzida como eventualmente (que, na verdade, significa ocasionalmente),mas  como finalmente ou consequentemente. 
  3. Sincerely
    Sinceramente não é usado no encerramento de cartas ou e-mails em português. Em vez disso, devemos utilizar atenciosamente.
  4. Information
    Embora os substantivos incontáveis apresentem-se na forma singular em inglês, em português, eles são expressos no plural, portanto, a tradução correta é informações.
  5. Delete
    Excluir, não deletar.
  6. Enter
    Digitar, não inserir. 
  7. Sensible
    A tradução correta não é sensível (sensitive), mas sensato. 
  8. Verify
    Confirmar, comprovar, garantir, não verificar (check).
  9. Application
    Em TI, significa aplicativo, não aplicação. App é  a forma abreviada, portanto, é uma palavra masculina, não feminina: o app.
  10. Address
    Jamais é traduzido, embora você possa, dependendo do caso, traduzir o nome da cidade e do país, se aplicável.

Lembrando que todas essas opções de tradução dependem do contexto, mas, elas se aplicam em geral. É importante que você sempre consulte o material de referência do cliente, os guias de estilo e os glossários, e que sempre faça uma pesquisa abrangente, mesmo quando pensa que sabe a tradução de um termo. Os tradutores devem ser sempre extremamente cautelosos.

Eu mesma, quando era iniciante, também cometi a maioria desses erros, mas aprendi com a prática, sempre prestando muita atenção nos feedbacks, tentando assimilá-los e aprendendo com eles. Jamais cometo o mesmo erro duas vezes, e se você tem a possibilidade de nunca chegar a cometê-los, por que então perder a oportunidade, não é mesmo?

Você teria algum outro termo para adicionar nessa lista?

I’d like to thank Esther, for kindly translating several posts for our blog. You rock! 🙂

About the translator
Esther PicEsther Dodo é paulistana, formada em Administração de Empresas, tradutora freelancer e, atualmente, está prestes a obter certificação como tradutora no par inglês-português na New York University (NYU). Reside nos EUA desde 2001. Entre em contato com ela pelo LinkedIn e pelo Facebook.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s